25 de set de 2016

Cinco maneiras de impressionar o seu cliente

Introdução:

Artigos sobre tecnicas de vendas são comuns de encontrar em livros, jornais e na Internet. Mas, vender Automação Residencial exige alguns comportamentos especificos. Identificamos neste artigo abaixo algumas sugestões que se encaixam muito bem nas questões mais frequentes que envolvem o relacionamento do Integrador com seus clientes (normalmente moradores de uma nova residencia e que pouco conhecem ainda sobre o que estão adquirindo)

Fonte: www.chronos-studeos.com 

Como profissional, você tem o conhecimento necessário, um bom perfil da empresa e cartões de visita. Então .. o que mais é preciso? Mais conversas? Baixar os preços? Bem, desta vez, vamos discutir sobre os preparativos para impressionar os seus clientes. A boa impressão é muito importante para as relações comerciais atuais e para gerar futuros negócios. Como você pode impressionar seu cliente o suficiente para que obter as suas recomendações para outros clientes? Como aproveitar este contato para abrir mais portas para mais oportunidades de negócio para você?

01. Seja um Profissional .. Fale como um .. Vista-se como um ..

Representar a sua empresa ou você mesmo com o melhor de sua capacidade é crucial quando se encontrar com seu cliente. Seu asseio, seus cartões de visita e, mais importante, falando e agindo mostrando que "Sei sobre o meu negócio por dentro e por fora" são passos iniciais para ganhar confiança. Você também deve saber arespeito do negócio dos clientes também. Sua melhor aposta para selar o negócio é se você realmente entender o que seu cliente quer e você tem a capacidade de ajudá-lo a alcançar.

A maneira como você se veste iria impressionar o cliente que vai ser mais receptivo a você e seu trabalho. Escolha suas palavras com cuidado, preste bem atenção à gramática e pontuação em e-mails, telefonemas e interações face-a-face, porque eles podem tornar seu relacionamento um sucesso ou não.

02. Entender suas necessidades ..

Ouvir é uma parte essencial de suas conversas com seus clientes. Um homem de negócios sem boas habilidades de escuta nunca será respeitado. É absolutamente necessário para perguntar se você não tem certeza o que eles estão tentando mostrar. Eles vão ficar impressionados e saberão que você é sério sobre o seu trabalho. Seja honesto sobre o que você pode fazer para seus clientes, demonstre através de ações e você está garantido para tornar essa impressão duradoura. Não faça excesso de promessas enm entregue menos. É uma maneira de fazê-los perder o interesse. Ainda, note que a compreensão de suas necessidades não significa que você precisa se tornar repetitivo. Tentar uma abordagem sugestivo e ouça o que eles dizem. Pode ser até que digam mais do que voce esperava ouvir.

03. Deixe suas ações falarem por si

Na maioria das vezes voce pode impressionar seus clientes com este método. Entregar muito mais do que você prometeu irá revelar que você está focado e ansioso para trabalhar no projeto. Você se mostrar como uma pessoa de confiança é imperativo para fazer o cliente levá-lo a sério. Para fazer isso, você pode:

Defina um prazo viável - Fixe um prazo para garantir que você mantenha espaço para atrasos imprevistos. Você não pode prever quando algum evento indesejável vai ocorrer deixando o sua agenda comprometida. Então deixe espaço para estes atrasos e, em seguida, transmita isto para o cliente.

Completar o projeto bem antes do prazo - Tente manter os prazos e terminá-lo bem antes do tempo. Certifique-se de que você não está comprometendo a qualidade do trabalho e os seus resultados esperados. Esse truque simples irá ajudá-lo a causar uma impressão em seu cliente e mostrar que você é sério.

04. Seja você mesmo .. mas não exagere ..

Tudo se resume ao senso comum. Ser livre e calmo. Use seu bom senso e instintos para explorar os fluxos do seu cliente. Relaxe. Você vai ficar bem. Sorria muito e seja genuíno. Eles vão lembrar a impressão de que você causou.

05. Utilize seus melhores esforços

Indo um pouco além das expectativas muitas vezes fará o cliente ver e apreciar a sua abordagem e proatividade. E passar do que foi acordado é realmente fácil, ao contrário do que muitas pessoas acreditam. Quando o cliente pergunta se é possível, eles não estão esperando um "Não"... eles estão esperando as suas sugestões espontâneas de como tornar isto possivel. Dê isso a eles.

Prestação de serviços de cortesia: Recomendar serviços complementares que vão ajudar sua empresa e você a crescer perante seus próprios clientes ou público-alvo. Mostre que você está focado em fazer o seu investimento mais frutífero. Isto vai certamente ajudar a conquistar a fidelidade do seu cliente mais.

Oferecer brindes: Se você é capaz disto, então esta é uma ótima opção. Seus clientes irão apreciar os brindes e serviços gratuitos, por isso nunca hesite em fazê-lo. Ir um pouco além para ajudar o seu cliente vai mostrar que você se importa com seu bem estar eque está completamente envolvido com seu trabalho. E o melhor de tudo, não se esqueça de sorrir sempre, isto funciona.

24 de set de 2016

Turma 104 do Curso de Integrador realizada em Salvador (BA)

Encerrada nesta 6a feira em Salvador (BA) a 104a turma do Curso de Integrador de Sistemas Residenciais foi realizada em parceria com a Optimus Jr, empresa de Controle e Automação dos estudantes da Escola Politécnica da UFBA.



Agradecemos pela participação de todos, a quem desejamos sucesso em suas novs atividades!

18 de set de 2016

Relatório sobre o mercado de Automação Residencial 2016

Destinado a todos que desejam conhecer os aspectos mais importantes do mercado de Automação Residencial, este relatório traz um enfoque global e local com registros, tendencias e oportunidades de negócios

Atualizado em setembro de 2016, é a unica publicação brasileira que reune estatisticas e projeções, além de indicar fontes de consulta e links complementares. O arquivo em PDF contem 65 páginas com imagens e diagramas.

Como oferta de lançamento, ao aquirir o relatório, o valor nele investido é revertido em créditos que podem ser utilizados em cursos e eventos realizados pela AURESIDE e pelos seus parceiros.

Tenha todos os detalhes desta iniciativa clicando aqui

14 de set de 2016

Sim, a Automação Residencial deve crescer rapido, mas você sabe por que?

Fonte: Entrepreneur


Um dos segmentos com o crescimento mais rápido atualmente no mercado é a Automação Residencial - ou  a industria de "casas inteligentes". Em 2022, espera-se que o mercado de sistemas de automação residencial possa valer cerca de US $ 78,27 bilhões. Esse é o resultado de uma taxa de crescimento anual composta (CAGR) de 12,46 por cento, a partir deste ano até 2022.

Grande parte do crescimento neste setor está enraizada na segurança, proteção e soluções sustentáveis que reduzem a dependência energética e deixam mais dinheiro nos bolsos dos proprietários. Nós estamos assistindo  empresas investindo bilhões de dólares em itens tais como fechaduras inteligentes, dispositivos de vigilância de vídeo sem fio, aparelhos energeticamente eficientes, iluminação personalizada e muito mais.

O mais interessante sobre a indústria de automação residencial é que a infraestrutura tecnológica já existe. Então percebe-se uma enxurrada de empresas, entrando nesta área. "Mas o maior obstáculo que as empresas enfrentam  hoje não é a concorrencia - é a falta de compreensão e educação do consumidor", diz Greg Roberts, vice-presidente de marketing da IControl Networks,  em seu blog.

"Para superar esse obstáculo, as empresas precisam se unir e as tecnologias devem operar de forma integrada para que os consumidores possam escolher os dispositivos que melhor se adequam às suas necessidades", disse Roberts. Em outras palavras, é a efetiva adoção pelo morador  que está segurando a indústria que segue aguardando então esta prevista explosão de consumo que está prestes a acontecer mais cedo ou mais tarde.

Quanto tempo vai demorar para os consumidores subirem a bordo é a questão que hoje se discute.

12 de set de 2016

Como a sua casa vai começar a ficar inteligente?

(Fonte: http://www.curbed.com/)


Estamos à beira de uma explosão inédita em produtos para casa inteligente. A marcha rápida da tecnologia está produzindo tudo, desde abridores de garrafa conectados, às janelas e cortinas automatizadas, fechaduras sem chave, e câmeras de segurança que enviam uma mensagem quando alguém invade sua casa.

Estas tecnologias podem oferecer níveis sem precedentes de informação e automação. Mas, com tantos lugares potenciais para começar, é hora de ficar atento sobre a criação de uma casa inteligente que tenha a sua cara.

Comece procurando atender uma necessidade, não apenas um gadget mirabolantes

"Estudos mostram que os produtos para o lar inteligentes mais adotados são os que resolver necessidades reais", explicou de Canary Jon Troutman. "Muitas pessoas pensam em 'casa inteligente' como sinônimo luzes que se acendem em certas horas, persianas programadas para subir ou descer. Mas esse tipo de produto não são necessariamente os mais úteis ou significativos."

Ter  uma torradeira que atende um comando do twitter pode parecer uma incursão divertida na casa inteligente, mas o brilho dos produtos a base de novidade normalmente tem um breve desgaste. Em vez disso, identifique algo que vai agregar valor à sua casa imediatamente.

Linden Tibbets de IFTTT ecoou um sentimento similar: "O melhor ponto de partida é realmente pensar em um problema que você quer resolver, do tipo: eu tenho uma porta para a rua, mas ela está abaixo de três lances de escadas, e eu quero ser capaz de ver quem está lá em baixo. Então, ter uma campainha ligado à câmera conectada é uma coisa realmente útil. "

Considere a segurança, conforto e conveniência.


Nem sempre é fácil de ver o status passado da sua casa mudando para as possibilidades da tecnologia disponível, mas pensar sobre suas necessidades em termos destas  três categorias principais é um bom ponto de partida. Quase todos os produtos da miríade existente no mercado se encaixa em um desses beneficios

A segurança está rapidamente se tornando o mais popular nicho de casa inteligente, em parte, porque o seu valor é bastante óbvio. "Todo mundo quer se sentir mais seguro", diz Tibbets.

Câmeras de segurança conectadas podem enviar alertas personalizados quando vêem pessoas em torno de seu espaço. Você também pode usa-las para criar integrações legais como acender uma luz da varanda quando uma câmera detecta alguém em seu quintal durante a noite. Também no espaço de segurança são produtos conectados como um detector de fumaça que manda mensagens de texto e um monitor para crianças pequenas que trabalha conectado.

O conforto é outro grande reino no espaço casa inteligente, com produtos que vão desde termostatos inteligentes  como persianas automatizadas. Produtos como estes podem ser programados para manter a temperatura estável em sua casa, enquanto cortam custos de energia através da otimização controles para os seus hábitos.

Do lado do conforto estão produtos como um monitor de ar e cobertores tipo Sleep Number C2 que rastreiam dados relacionados ao conforto e enviam alertas para ajudar os usuários a respirar e dormir melhor.

"O melhor lugar para a casa inteligente é realmente pensar em um problema que você quer resolver."

Depois, há os produtos de mera conveniência. Troutman disse-nos que os falantes Sonos são "fáceis de usar e a melhor maneira de obter música por Wi-Fi." Vários de nossos especialistas mencionaram que as lâmpadas conectadas, como a linha Philips Hue ou Lifx são um ótimo lugar para o novato  começar. A tecnologia permite que você controle de iluminação de cor e intensidade a partir do seu smartphone, e experimentar uma única lâmpada é um investimento relativamente pequeno e simples. Fechaduras sem chave e alertas ligados a empresas de monitoramento também são extremamente convenientes e oferecem um valor prático.

O assistente Alexa da Amazon introduziu alguns conceitos diferentes. "Eu sou uma espécie de louco e tenho mais de 200 dispositivos em minha casa controldos por Alexa", admitiu Kindel da Amazon. "Por um longo tempo, ter uma casa inteligente significava que você tinha para desbloquear o telefone, abrir um aplicativo, e pressionar um botão dentro desse app apenas para acender uma luz - aesta altura você poderia muito bem ter levantado do sofá e apagado a luz por si mesmo. Com a introdução do Alexa e seu comando de voz para a casa inteligente, isso mudou. Agora você pode simplesmente pedir Alexa para ligar as luzes, desligar o termostato, trancar a porta, ou ligar os aspersores. "

Enquanto as capacidades do dispositivo ainda estão amadurecendo, a própria Nest ecoou vários dos outros quando afirmaram: "A voz é a próxima interface de grande impacto, e eu acho que a Amazon Eco é um produto fantástico." Mas se você não for um grande fã da Amazon, o Google Home é uma alternativa ativada por voz e a Apple também está trabalhando para construir um produto competitivo.

Se tudo isso falhar, é só esperar

"Tecnologia de casa inteligente é uma daquelas coisas que vai ser inevitável", diz Tibbets. "Cada vez mais as coisas em nossas casas terão conexão própria."

Em apenas alguns anos, qualquer produto que compramos vai atuar automaticamente e em conexão com a nuvem sua e d seus outros dispositivos. Vai ser padrão para a sua máquina enviar um e-mail quando está fazendo a limpeza, ou para o controle de temperatura do seu apartamento, ajustando automaticamente quando você está em férias.

Então, se o seu primeiro par de produtos de casa inteligente não atender completamente a sua necessidades, será apenas uma questão de tempo até que isto mude, como aconteceu com seu telefone de gancho, que se tornou uma coisa do passado.

8 de set de 2016

Casas com automação vendem mais rápido e com melhor preço

Novas pesquisas de consumo  apontam que os moradores aceitam pagar preços mais elevados e os negócios são fechados mais rapidamente - desde que os recursos de Automação Residencial estejam instalados antes de sua mudança, diz matéria do The Washington Post.

De acordo com uma prospecção do Coldwell Banker Real Estate, 54% dos compradores (em uma amostra de 1.250) afirmam que dada a escolha entre duas casas idênticas, uma inteligente e outra não, eles comprariam a casa inteligente. A proporção é de 61% para os compradores "millenials" e 59% dos pais com crianças que privilegiam a tecnologia inteligente.

A John Burns Consulting descobriu que 65% dos 22.000 clientes domésticos pesquisados iria pagar valor extra para adicionar um pacote de recursos "smart home" à sua nova residencia.

"A tecnologia para casas inteligentes pode definitivamente agregar valor ao imóvel no mercado." diz outro consultor imobiliário citado na matéria.

A matéria original do The Washington Post pode ser lida aqui

7 de set de 2016

Apple anuncia mais um passo para a "casa inteligente"

A Apple lançou sua plataforma HomeKit há dois anos durante  a louca corrida dos "grandes" pelo mercado de domótica. Naquele ano (2014) foi ainda difícil adicionar dispositivos para o seu ecossistema  de casa inteligente devido à incompatibilidade de protocolos e falta de segurança.



Hoje na Apple WWDC, Craig Federighi anunciou que a Apple tem um aplicativo chamado Home que se integra com uma enorme gama de dispositivos, incluindo câmeras e fechaduras. Ele disse que a Apple fez uma parceria com "todos os grandes fabricantes de acessórios para casa", bem como com os construtores de casa nos EUA e na China. A questão envolvendo os construtores parece particularmente interessante, pois significa que a Apple está trabalhando para integrar seu sistema desde o início na estrutura física dos edifícios, de modo que "você pode mover-se e começar a controlar a sua casa" quando for habita-la.

Para ver a integra do que foi anunciado clique aqui