25 de nov de 2016

Produtos para casa inteligente têm grande impulso nos EUA

Fonte: MidiaPost


A economia de energia e de manutenção é uma das muitas razões que estão fazendo os americanos adotarem tecnologias de casa inteligente em um ritmo incrível. Em 2014, apenas 13% dos domicílios com banda larga dos EUA relataram ter pelo menos um dispositivo destes. Esse número foi mais do que duplicado, de acordo com um estudo do CNET-Coldwell Banker divulgado no verão passado. 

Além da redução de custos, 87% dos entrevistados disseram que a tecnologia torna sua vida mais fácil, enquanto 57% dizem que os dispositivos economizam tempo e 45% relatam que as tecnologias de casas inteligente economizam mais de US $ 1.100 por ano.

Cerca de 9,5 milhões de produtos serão vendidos nos EUA este ano, um aumento de 29% em relação ao ano passado. Eventualmente, a maioria dos principais objetos dentro de nossas casas serão inteligentes, conectados e digitais..

Além disto estes produtos serão responsáveis pelas maiores vendas da temporada de férias. Segundo a recente pesquisa do CTA, entre os consumidores que planejam comprar tecnologia neste periodo, 24% planejam comprar um produto inteligente para casa, incluindo 10% que planejam comprar um termostato inteligente, 8% que planejam comprar uma câmera em casa e 6 % que planejam comprar um dispositivo de assistente digital, como o Echo da Amazon.

Embora seja importante notar que os americanos não estão necessariamente adotando tecnologias de casa inteligente porque consomem menos energia, é sabido que inovações tecnológicas mais recentes nos ajudarão a economizar dinheiro e tornar nossas vidas mais eficientes.

Os avanços tecnológicos estão desafiando o mito de que os produtos "verdes" precisam ser mais caros. Podemos perceber significativa redução de emissões de carbono apenas tornando-se mais eficiente e menos dependentes de energia.

18 de nov de 2016

Condominio na California oferece pacotes de "Home Kit" da Apple para Automação Residencial

Fonte: http://www.patentlyapple.com/

No mês passado, a Apple publicou um relatório intitulado "Automação Residencial: Apple mantém seu olho no prêmio", onde observamos Greg Joswiak, vice-presidente de marketing de produtos da Apple, afirmando que "queremos trazer a automação residencial para o mainstream e o melhor momento para isto é no começo, quando uma casa está sendo criada ". Bem, isso foi certamente uma declaração consciente,  considerando agora que a KB Home acaba de revelar que a primeira comunidade do País que vai utilizar HomeKit  está sendo criada no Communications Hill, em San José, Califórnia  na data de hoje. A KB Home é a primeira construtora de casas a disponibilizar um pacote  HomeKit para os compradores de casas. Junto com a sua introdução no Communications Hill, o pacote HomeKit da Apple também estará disponível para os compradores do Condominio Magnolia da KB Home na comunidade Patterson Ranch. 




O comunicado de imprensa da KB afirma que "Uma casa modelo mostrando como os proprietários de KB podem monitorar e controlar de forma simples e segura os acessórios compatíveis com  Apple HomeKit, como iluminação, fechaduras e outros recursos de segurança e muito mais do iPhone, iPad ou Apple Watch está agora aberta em Promenade no Communications Hill. 

O aplicativo Home da Apple oferece uma interface simples e segura para gerenciar produtos de automação residencial integrados ao HomeKit em um só lugar, permitindo que os proprietários se conectem e controlem seu ambiente, seja em casa ou fora dela. Por exemplo, o aplicativo Home permite que os usuários definam cenas personalizadas, como "Leaving Home", que pode desligar luzes, bloquear as portas e abaixar o termostato. 

As plantas em Promenade podem ter até três andares com áreas acima de 230 metros quadrados, e pode ser construída com até cinco quartos, quatro banheiros e uma garagem para dois carros. Os preços começam em torno de U$ 900 mil.

Edição impressa do livro "Prédio Eficiente" em pré-lançamento

O projeto "Prédio Eficiente" foi lançado pela AURESIDE em 2014 e tornou-se um polo de discussões a respeito do papel desempenhado pelos sistemas de automação na busca constante da maior eficiencia no uso e manutenção das edificações.

Este livro ora lançado traz uma compilação de artigos recentes que trata deste tema e busca fomentar a capacitação de mais profissionais nesta área extremamente promissora.

O livro pode ser adqurido através da Loja da Automação e também é oferecido como brinde pela AURESIDE  para todos que se filiarem até o final de 2016

As condições para se filiar à AURESIDE podem ser vistas neste link

15 de nov de 2016

Seis razões pelas quais você deve automatizar sua casa


(Fonte: valiryo.com)

Imagine você ao se levantar pela manhã, colocar o pé no chão e automaticamente as cortinas se abrem, sua música favorita começa a soar e, por que não, a sua cafeteira começa a pré-aquecer.

Realidade ou ficção? É a chamada Automação Residencial ou domótica, e chegou para mudar nossas vidas.
Domótica envolve a integração de diferentes tecnologias em casa através do uso simultâneo de eletricidade, eletrônica, computação e telecomunicações para alcançar a "casa inteligente". Seu objetivo é a segurança, conforto e economia de energia, para tornar nossa vida mais barata e mais fácil.

Isto tem evoluído consideravelmente nos últimos anos, e hoje abrange muitas áreas diferentes. Daqui em diante vamos mostrar seis razões pelas quais você deve integrar a automação residencial em sua casa.

1. LAZER
Leve a música para um nível mais elevado. Na sua casa inteligente e integrada você poderá ter alto-falantes integrados nos quartos, então eles são ativados com a sua presença enquanto você se move de um quarto para outro. Se preferir, também pode atribuir uma lista de reprodução do tipo Spotify ou iTunes a cada sala ou definir um género musical para cada momento do dia. 



2. COMUNICAÇÃO
Controle tudo de seu telefone móvel. Conecte as câmeras de segurança para verificar como seu bebê está dormindo, exibir os vídeos Whatsapp na TV ou abrir a porta para seus visitantes sem ter que se levantar do sofá. Com a evolução dos aparelhos inteligentes, você pode até ver o que você tem na geladeira, e receber uma notificação quando a data de validade dos iogurtes está prestes a expirar.
3. ECONOMIA DE ENERGIA
A nossa consciência ambiental está aumentando e a automação residencial vai ajudar-nos a otimizar o uso da energia e da água, com as economias que isso implica. Permite-nos regular a intensidade da luz dependendo da luz natural, fechar as torneiras quando a presença não é detectada ou activar os aparelhos eléctricos nas horas de menor tarifa.
4. SEGURANÇA
Provavelmente, quase todos vocês conhecem "Esqueceram de mim", o filme. Você se lembra quando a criança finge uma festa em sua casa para assustar os ladrões? Hoje não seria necessário. Se vai sair de férias, a Domótica vai lembrar seus hábitos; As cortinas serão abertas pela manhã, e as luzes se acenderão e desligarão como todos os dias. Muito bom, não é?

5. ACESSIBILIDADE
Com Automação Residencial os usuários com qualquer tipo de deficiência podem navegar com maior autonomia e independência dentro de sua casa. Por exemplo, quando alguém toca a campainha uma luz é ligada para notificar as pessoas com deficiência auditiva, ou o mesmo para notificá-los que a pizza no forno está pronta.

6.CONFORTO
Podemos esquecerde regar as plantas e programar a rega automática, que liga apenas nos dias em que não choveu suficiente, e também podemos esquecer o ar condicionado, que irá ligar assim que a temperatura ambiente ficar acima de 25 graus. Saindo do banho, ao sentir a nossa presença, um sistema  começará a secar-nos com ar quente, e vai desligar-se quando estamos completamente secos, por isso não temos sequer para nos movermos. Confortável e relaxante, certo?

11 de nov de 2016

Mercado global de Automação Residencial deve chegar a U$ 21 bi em 2020

Relatório da Market Research Store divulgado nesta data aponta que a Automação Residencial (ou Domótica) está crescendo em popularidade entre os moradores devido à diminuição de custo e simplicidade no funcionamento dos sistemas. A conectividade de tablets e smartphones com sistemas de automação doméstica tornou muito conveniente para os usuários finais gerenciar suas atividades do dia a dia. Isso tem impulsionado o crescimento do mercado global de automação residencial.


Além disso, sistemas de automação residencial ajudam a reduzir o consumo de energia e proporcionam uma maior segurança para o lar. Sistemas de automação doméstica podem efetivamente previnir  ações tais como invasão, roubo, acidentes e outras ocorrencias


Além disso, a conectividade melhorada na internet em economias desenvolvidas, como EUA, Japão, Reino Unido, Alemanha, França, etc está dirigindo a demanda por estes sistemas numa escala crescente. O unico fator que ainda pesa contra a maior disseminação da Automação Residencial é a falta de conscientização entre os usuários finais, principalmente nos países emergentes e subdesenvolvidos

6 de nov de 2016

Utilizando sistemas de automação para tornar as edificações eficientes

A AURESIDE que promove o projeto Predio Eficiente desde 2014 acaba de lançar um novo e-book cujo conteudo aborda esta importante e atual questão: a eficiencia das edificações;

O texto analisa como os sistemas de automação podem colaborar para a redução de custos de operação e manutenção das edificações e ao mesmo tempo  privilegiar a segurança, o conforto e o bem estar de seus usuários.

Os capitulos deste e-book abordam:
1. Automação Predial e a sustentabilidade das edificações
2. Qual deve ser o escopo do projeto de automação para edificações?
3. Utilizando automação para reduzir custos condominiais
4. Qual o caminho para edificios de consumo quase nulo?
5. Automação das edificações e seu impacto no mercado imobiliário
6. Edifícios inteligentes e Big Data

São 95 páginas com texto, ilustações e diagramas. 

O e-book está em fase de pré-lançamento com preço promocional e pode ser encontrado na Loja da Automação onde também estão disponiveis outras publicações inéditas.



4 de nov de 2016

O impacto dos consumidores jovens no mercado doméstico de energia

Fonte: Home Energy


Os Millenials - a maior geração na história dos EUA - estão entrando no mercado de energia doméstica em massa. Eles estarão atingindo seu pico de influência econômica em apenas mais alguns anos. Mas o que as empresas de energia e os fornecedores de serviços públicos estão fazendo para atrair esse importante cliente ? Possivelmente não o suficiente.

Os consumidores jovens possuem um novo conjunto de valores, bem diferentes daqueles das Geração X e dos Baby Boomers que vieram antes deles: eles se preocupam com responsabilidadeambiental, flexibilidade e conectividade. Fornecedores de energia que ainda não se ajustaram a essas tendências precisam reconsiderar suas estratégias sob  o risco de perder esses poderosos consumidores para outros provedores que tenham feito estas previsões

1. Os Millenials se preocupam com  Energia Renovável

2. Millennials demandam sites e acesso multi-plataforma

3. Millenials estão entusiasmados com os novos serviços e aderem a eles com muita facilidade

4. Millennials olham para empresas socialmente responsáveis

5. Millennials procuram a integração na casa inteligente
Eles se preocupam com a tecnologia doméstica inteligente. Na verdade, a porcentagem deles que têm dispositivos domésticos inteligentes instalados em suas casas é quase o dobro da população total. Mas esses consumidores não se preocupam apenas com campainhas inteligentes ou aparelhos de cozinha com controle remoto - eles também querem dispositivos que podem ajudá-los a monitorar o uso de energia. Quanto mais os millenials tiverem transparência e controle, mais felizes eles estarão com seus provedores.

6. Millennials querem soluções competitivas e personalizadas

Nos próximos anos, os millenials se tornarão um poder de controle no mercado, então os provedores devem começar a lidar com essas necessidades  - e rápido. As empresas que transformarem seus modelos de negócios para atingir os consumidores mais jovens serão as que prosperarão 

3 de nov de 2016

Os primeiros dispositivos da Google para a casa inteligente começam a chegar...

Fonte: Clintofitch.com

Parece que a entrega do novo dispositivo Home do Google começou!  Vários leitores pediram ou comentaram no Google+ para receber notificações de remessa do dispositivo alimentado pelo Google Assistant de US $ 129

Com o objetivo de competir com o Amazon Echo, o Google Home traz o poder da Inteligência Artificial do Google para lhe fornecer informações detalhadas sobre o seu dia, eventos futuros, informações de pesquisa, informações sobre viagens e outros. Quando for para todos na família, utiliza-se a uma única conta preliminar d Google. Como o Google OnHub, Home é destinado a andar pela casa e até ficar ao ar livre e não se parece com um pedaço de techno-kit sentado em uma prateleira.

O que torna o Google Home poderoso é o Google Assistant. Pense nisso como um item a mais na personalização e inteligencia. Se você instalou o Google Allo no seu telefone, você já pode usar o Assistant

E que ele traz para os usuários?

O Assistente do Google é a ferramenta de voz e assistente mais avançada ainda desenvolvida pelo Google. Você pode obter uma riqueza de informações do Assistente e dar comandos diretos. Você pode utiliza-lo para tocar música de uma ampla gama de fontes, como Spotify, Google Play, Pandora e outros. Você também pode obter um briefing diário de coisas acontecendo no seu dia, definir lembretes e obter assistência dele como você está envolvido nas tarefas da casa.

O Google Home também se vinculará ao seu Chromecast atual ou ao novo Chromecast Ultra. Se você tiver um destes e Google Home, você pode usa-lo para reproduzir vídeos ou mostrar fotos de sua conta do Google Fotos diretamente em sua televisão. Neste momento, esse recurso só funciona com o YouTube, mas o Netflix já está comprometido com ele e estará disponível em breve. Tal como para outros dispositivos inteligentes, Home irá trabalhar com Next, SmartThings, Hue e IFTTT out-of-the-box para que você possa controlar o seu termostato, luzes e interruptores.

1 de nov de 2016

Porque as seguradoras querem que voce tenha uma casa inteligente

Fonte: Digital Trends


Verifique com a sua companhia de seguros se você pode obter um desconto em sua conta se você adicionar sistemas inteligentes de monitoramento e gerenciamento na sua casa. Na verdade, ela pode até fornecer estes dispositivos. As empresas de seguros estão cada vez mais incentivando o controle e monitoramento de casas inteligentes por uma razão simples: casas inteligentes são casas protegidas, o que significa menor risco, de acordo com MarketWatch.

State Farm é um caso notável por oferecer descontos de cobertura de seguro para segurados que têm sistemas de monitoramento e gerenciamento automatizado. De acordo com a porta-voz Rachael Risinger, os monitores inteligentes de incêndio e água e os controles de luz e energia automatizados ajudam os consumidores a economizar dinheiro e a evitar perdas - menos prejuizos paraas contas de uma companhia de seguros.

"Pesquisas indicam que o controle doméstico e os produtos de monitoramento ajudam a proteger a casa", disse Risinger. " Assim, a State Farm prevê que uma casa inteligente aumenta a consciência dos segurados do que acontece em suas casas e capacita-os para controlar e proteger sua família e pertences."

A empresa de pesquisa de seguros Accenture relata que em 2015 22% das empresas de seguros de casa estavam executando programas-piloto para estudar politicas diferenciadas para casas conectadas.

"Há um movimento significativo dentro da indústria de seguros agora para ver como eles podem alavancar alguns desses dispositivos conectados para tornar as residencias mais seguras", disse Eric Cernak, vice-presidente do grupo de seguros Resaid Munique e líder no setor. "Seja por meio de dispositivos de subsídio ou fornecendo melhores termos e condições nessas políticas, há várias maneiras pelas quais várias empresas estão buscando incentivar essas tecnologias".

Mas também há preocupações sobre casas inteligentes conectadas. Como a possivel perda potencial de dados pessoais ou da privacidade dos dispositivos domésticos inteligentes, Cernak observou que o monitoramento inteligente dos dados dos sistemas de monitoramento poderia levar as companhias de seguros a ajustarem as políticas adequadamente.

"Você pode chegar a um ponto em que as companhias de seguros afirmam que sabem que você tem um sistema de segurança em sua casa, mas você não lhes autoriza esta informação e portanto não goza de possiveis descontos", disse Cernak. "A conveniência que vem com todos esses dispositivos também significa que eles estão capturando detalhes de suas vidas diárias por trás de portas fechadas, e as pessoas esquecem o valor disso".