25 de dez de 2017

Com aquisição da Blink, a Amazon segue investindo na casa inteligente

A startup Blink, que produz câmeras de segurança doméstica, bem como uma nova chamada de vídeo conectada via Wi-Fi, foi adquirida pela Amazon. Blink, fundada em Boston em 2014, surgiu após uma campanha de crowdfunding que arrecadou mais de US $ 1 milhão baseada em seu sistema de monitoramento doméstico totalmente sem fio.

Blink- não confundir com as startups de mensagens instantâneas e reservas de hotéis com o mesmo nome - tem sólida experiência na construção de um sistema de supervisão e segurança sem fio para a casa conectada. Suas principais virtudes são que ele não precisa de nenhum cabo, a instalação é simples e funciona com baterias substituíveis, fáceis de encontrar e de trocar

A chamada de vídeo Blink Doorbell, por exemplo, funciona com duas pilhas AA que duram cerca de dois anos. E é mais barato - $ 99 - que o anel sem fio do Ring, oferecendo muitos recursos semelhantes, como detecção de movimento, áudio bidirecional, impermeabilização e visão noturna, conforme relatos do TechCrunch.

A Amazon já fez incursões nos campos de câmeras de vídeo domésticas conectadas e até mesmo de produtos domóticos. Este é o caso da Cloud Cam e da Amazon Key, que permitem o acesso remoto ao lar para pessoas que fazem entregas.

A corporação de Seattle está muito interessada em obter uma posição sólida no espaço da casa conectada, após o sucesso de produtos como o assistente pessoal Alexa. Para competir com rivais como Nest e Ring, a tecnologia da Blink tem muito para oferecer aos consumidores em termos de benefícios de custo e conveniência.

Nenhum comentário: